26/11/2018

Higienização das mãos: medida básica para garantir a saúde

Lavar as mãos é um hábito de higiene corriqueiro, mas essencial para a saúde e como medida de combate à infecção hospitalar, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O tema é, atualmente, alvo de programas que enfocam a Segurança do Paciente nos serviços de saúde e nas escolas. Afinal, mãos limpas salvam vidas.  

No cotidiano, esse cuidado pode prevenir diarreia, gripe, doenças de pele e infecções no estômago. Crianças em idade escolar são os principais alvos das campanhas de promoção da higienização das mãos, principalmente por serem potenciais vítimas de doenças infecciosas.  

Confira o procedimento correto de higienização das mãos segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa):  

  1. Molhe-as com água e aplique quantidade suficiente de sabonete para cobrir todas as superfícies das mãos;
  2. Ensaboe as palmas das mãos, friccionando-as entre si;
  3. Esfregue a palma da mão direita contra o dorso da mão esquerda entrelaçando os dedos e vice-versa;
  4. Entrelace os dedos e friccione os espaços interdigitais;
  5. Esfregue o dorso dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta, segurando os dedos, com movimento de vai-e-vem e vice-versa;
  6. Esfregue o polegar esquerdo com o auxílio da palma da mão direita, utilizando-se de movimento circular e vice-versa;
  7. Friccione as polpas digitais e unhas da mão direita contra a palma da mão esquerda, fazendo movimento circular e vice-versa;
  8. Enxague bem as mãos com água.