12/11/2015

Agora é hora dos homens cuidarem da saúde

Em novembro, o mundo se une em prol da Campanha Novembro Azul, na luta contra o Câncer de Próstata. A maioria dos homens se mostra bastante resistente quando o assunto é cuidar da saúde. Um estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) apontou que 51% dos homens nunca consultaram um urologista. Por esse motivo, a Cemig Saúde faz questão de aproveitar esse momento para reforçar a importância dos exames periódicos.

Apesar de ter apenas o tamanho de uma castanha, a próstata é uma glândula essencial para o corpo masculino. É ela que produz cerca de 70% do sêmen, substância fundamental na fertilidade do homem. O Câncer ocorre quando as células da região começam a se multiplicar de forma desordenada, deixando a próstata mais endurecida. Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) mostram que esse é o segundo tipo de Câncer mais frequente no sexo masculino, superado apenas pelo de pele.

Segundo o urologista do Centro de Promoção à Saúde (CPS), Adriano Vilaça, o diagnóstico tardio é uma das principais dificuldades do tratamento. “Na fase inicial, a doença não apresenta sintomas e, quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura”.

O médico reforça que a única forma de aumentar as chances de cura do Câncer de Próstata é o diagnóstico precoce, feito por meio Toque Retal e da dosagem do PSA e o, que são os exames mais utilizados atualmente. “Dependendo do grau do tumor e da idade do paciente, a doença tem em torno de 80% de chances de cura se descoberta no início. Por isso, mesmo na ausência de sintomas, todos os homens a partir dos 50 anos devem ir anualmente ao urologista Se houver histórico na família, a prevenção deve começar aos 45 anos”, salienta.