19/02/2020

Os oito sinais que vêm da cera de ouvido

Conhecida também como cerume, a cera de ouvido tem grande importância para o organismo humano, tendo como principal função manter o canal auditivo limpo. Ela ajuda a afastar poeira e sujeira dos tímpanos e funciona como um lubrificante natural, exercendo ainda um papel antibacteriano.

Você sabia que a cera de ouvido pode indicar como anda a sua saúde? Isso vai depender se a coloração ou a consistência da substância sofrer alguma mudança. Conheça os principais sinais:


Cera preta: se o cerume ficou preto e você começou a sentir coceira, é possível que haja uma proliferação de fungos em seus ouvidos.


Cera branca: indica que o organismo está com carência de vitaminas e outros elementos, como ferro e cobre.


Cera acinzentada: caso você não apresente nenhum outro sintoma, provavelmente é apenas poeira. Não é à toa que a cera acinzentada é bem comum entre pessoas que vivem em grandes cidades, pois o ar nesses locais é mais poluído.


Cera amarronzada: provavelmente indica que seu corpo passou por uma grande situação de estresse.


Cera com sangue: sinal de alerta máximo, a cera de ouvido com sangue pode significar que seu tímpano foi perfurado, o que muitas vezes evolui para uma otite e pode até mesmo comprometer a audição.


Cera líquida: se o cerume começar a escorrer pelo ouvido, é possível que você tenha uma lesão auditiva e o início de uma inflamação.


Cera seca: a falta de gorduras saudáveis no organismo é a principal causa da cera seca, mas também pode ser sintoma de dermatite e outras doenças cutâneas.


Cera com cheiro desagradável: se o odor da cera ficou ruim e você começou a ouvir ruídos ou ter a sensação de ouvidos tampados, pode ser sinal de que haja uma infecção.

Caso identifique algum desses sintomas, procure o seu médico de referência imediatamente. E nada de limpar seus ouvidos com cotonete: a limpeza só deve ser feita por indicação do profissional de saúde. Caso contrário, podem ocorrer diversos problemas, já que o cotonete empurra a cera para dentro do ouvido e pode bloquear o canal auditivo, além de levar fungos, bactérias e vírus para seu interior.

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o www.cemigsaude.org.br você estará de acordo com os critérios de monitoramento dos cookies. Para ter mais informações como isso é feito, acesse a Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.