26/03/2020

Série Coronavírus: Saiba como conviver em casa com pessoas com suspeita de Coronavírus

Para evitar uma disseminação ainda maior do novo Coronavírus, o Ministério da Saúde recomenda que todos façam o isolamento domiciliar e social. Mas e quando uma pessoa da família está infectada ou com suspeita de ter contraído o vírus? Nesses casos, os cuidados devem ser redobrados.

Antes de mais nada, o indivíduo doente deve ter um quarto e um banheiro separados para ele. Se a casa tem apenas um quarto, a recomendação é manter a pessoa com suspeita da doença sozinha no quarto, enquanto as pessoas que não contraíram a doença dormem na sala, por exemplo. A porta do quarto deve ser mantida fechada, mas uma fonte de ventilação é essencial – portanto, deve haver uma janela aberta.

Além disso, é muito importante que as pessoas saudáveis não compartilhem talheres, copos, pratos, objetos pessoais, o sofá e o colchão nem passem o dia todo no mesmo cômodo com o doente, sendo indicado manter ao menos dois metros de distância.

No dia a dia, os hábitos também devem ser outros. Confira o que alguém doente ou com suspeita da infecção deve fazer, para evitar contaminar as outras pessoas da casa:

• usar papel higiênico ou um lenço de papel para cobrir o nariz e a boca ao tossir ou espirrar. Na falta desses itens, a pessoa deve tossir ou espirrar no antebraço e higienizá-lo imediatamente;

• usar máscara o tempo todo;

• deixar as roupas sujas em um cesto separado e privilegiar lava-las o quanto antes e seca-las em um local arejado;

• trocar a própria roupa de cama, embalando-a em um saco plástico antes de levá-la ao tanque ou à máquina de lavar;

• manter uma lixeira no quarto, com saco plástico, para depositar o lixo gerado. Quando estiver cheia, a sacola deve ser fechada e os resíduos despejados em outra lixeira (que pode ser da própria casa ou da rua).

Se há apenas um banheiro na residência, a atenção deve ser constante. Confira:

• é necessário desinfetar todas as superfícies usadas pela pessoa infectada ou com suspeita da doença;

• sabonete, pasta de dente e toalha de rosto não devem ser compartilhados;

• a escova de dente da pessoa infectada ou com suspeita da doença deve ser separada das demais.

E quanto à limpeza? Quem for responsável pela tarefa deve usar máscara, luva, óculos e avental, e focar principalmente nas superfícies de contato constante, como maçanetas, interruptores, assentos, mesas, cadeiras e torneiras, por exemplo. Nesse momento, utilizar sabão, álcool acima de 70% e desinfetantes é essencial.

É importante lembrar que todos esses cuidados de higienização podem apenas diminuir a possibilidade de contrair o Coronavírus, e não impedir a sua transmissão. Portanto, uma boa ideia é que as pessoas saudáveis da casa procurem hospedagem na casa de parentes ou amigos. Ficar separado dos familiares não é fácil, mas pode ser a melhor decisão para que todos tenham mais saúde e bem-estar durante o período.