27/07/2020

Descubra quais são os principais tipos de alergias e como preveni-las

Quando uma pessoa é exposta a algum fator ambiental e seu sistema imunológico responde de forma exagerada a ele, pode ser sinal de alergia. Também chamada de reação de hipersensibilidade, a alergia é causada principalmente por fatores genéticos, mas é desencadeada quando o indivíduo é exposto a algum agente causador de alergia, os alérgenos.

Não há idade para ter uma alergia, pois pessoas de qualquer faixa etária podem ser afetadas por ela. O paciente alérgico pode ter sua qualidade de vida comprometida e, se não tomar cuidado, sofrer com problemas que vão desde uma simples irritação até uma anafilaxia, que pode ser fatal.

Mesmo que muitas alergias não tenham cura, o tratamento médico ajuda a aliviar os sintomas e permite que a pessoa viva sem preocupações. Mas para isso, primeiro é necessário conhecer quais são as alergias mais comuns. Continue a leitura e conheça quais são elas!

Quais são os principais tipos de alergias?

Respiratórias

Ácaros, poeira, mofo, pólen... as alergias respiratórias são causadas por essas e muitas outras substâncias, sendo mais comuns em ambientes onde há pouca umidade do ar e alta concentração de fatores alérgenos. Elas também podem contribuir para o surgimento de doenças, como asma, rinite e sinusite.

Cutâneas

Essas são as temidas alergias dermatológicas ou da pele, que fazem com que ela se torne sensível, ressecada e avermelhada. Dias frios, banhos quentes prolongados e o contato com alguns tipos de tecido já são suficientes para afetar a pele e provocar problemas como urticária e dermatite de contato, por exemplo.

Alimentares

Mais comuns na infância, as alergias alimentares tendem a desaparecer com o tempo, mas também podem durar por toda a vida. Leite, ovos, amendoim, trigo e frutos do mar são os alimentos que mais causam alergias e fazem com que o organismo reaja de maneira exagerada e anormal, causando manifestações como urticárias, vômito e diarreia.

Medicamentos

Ao tomar um medicamento, algumas pessoas podem sentir reações adversas leves, como náusea e vômito. No entanto, também existem reações alérgicas severas, que incluem inchaços nos lábios, língua e rosto e coceiras na pele e nos olhos, por exemplo.

Como se prevenir contra as alergias?

Como você deve ter percebido, existem diversos tipos de alergias, causados por diferentes fatores. Embora cada alergia demande um cuidado específico, existem algumas orientações gerais a serem colocadas em prática para garantir a saúde de quem possui essa condição. Confira:

• Caso você tenha alguma alergia, é imprescindível evitar os alérgenos que fazem mal ao seu organismo;

• Nem sempre é fácil diferenciar uma manifestação alérgica de um resfriado ou outra condição de saúde. Por isso, é muito importante entrar em contato com um médico caso apresente qualquer sinal estranho em seu corpo;

• Evitar aglomerações e lavar as mãos com frequência são cuidados muito importantes para ficar longe das alergias respiratórias e cutâneas. Outra dica é eliminar materiais e objetos que possam concentrar poeira e ácaros, como carpetes, tapetes e cortinas;

• Leia atentamente bulas de medicamentos e rótulos de alimentos para observar se não há nenhuma substância da qual você é alérgico;

• O aleitamento materno é essencial até os 6 meses de vida, pois reduz as chances de que diversas alergias apareçam