09/09/2020

Ainda tem dúvidas sobre a cobertura de medicamentos?

Como saber se meu medicamento possui cobertura?

De acordo com a atual previsão regulamentar, são cobertos somente os medicamentos genéricos. Caso a sua medicação não possua a versão genérica, será coberto o medicamento de marca. Caso tenha dúvida se o medicamento tem ou não a versão genérica, você poderá acessar a lista de medicamentos genéricos registrados na Anvisa, disponível neste link.

Para comprar o medicamento na farmácia conveniada, o que preciso saber?

Certifique-se de que se o meu medicamento possui a versão genérica. Caso não possua, verifique se o medicamento de marca está na LRM - Lista Referencial de Medicamentos da Cemig Saúde, disponível aqui ou entre em contato pelo Chat ou pelo Fale Conosco. Caso o medicamento conste na lista, você poderá comprá-lo normalmente.

Tenho alergia ao componente da fórmula do medicamento genérico, vou ficar sem cobertura?

Nesse caso, você deve baixar o formulário de solicitação de troca para medicamento de referência disponível aqui, pedir ao seu médico que preencha de forma detalhada a justificativa da troca, assine e informe o CRM e, em seguida, encaminhe para a Cemig Saúde por meio do Fale Conosco, juntamente com a prescrição médica, laudo de exames comprobatórios da alergia e bula da medicação. Sua solicitação analisada em até cinco dias úteis.

Meu médico de referência acionou a Anvisa sobre a ineficácia da medicação, como devo proceder?

Baixe o formulário de solicitação de troca para medicamento de referência, peça ao seu médico que preencha, assine e carimbe com o CRM dele e, em seguida, encaminhe para a Cemig Saúde por meio  do Fale Conosco, juntamente com a prescrição médica e a cópia da notificação na Anvisa. Sua solicitação analisada em até cinco dias úteis.

Por qual motivo os medicamentos manipulados não possuem mais cobertura?

A cobertura das fórmulas manipuladas era feita por uma liberalidade da Cemig Saúde, uma vez que o regulamento do plano sempre previu a cobertura exclusivamente de medicamentos registrados na Anvisa. Como as fórmulas manipuladas não possuem esse registro, a cobertura contraria a previsão regulamentar.

Meu medicamento não possui a versão genérica. Tentei fazer a compra do medicamento de referência em uma farmácia conveniada mas a compra não foi autorizada. Como devo agir?

Primeiro, acesse a LRM - Lista Referencial de Medicamentos e veja se o seu medicamento consta ou não na versão genérica. Caso conste, entre em contato com a Cemig Saúde pelo Chat ou pelo Fale Conosco para que sejam tomadas as devidas providências junto à farmácia conveniada. Você também tem a opção de comprar em outra farmácia conveniada ou, ainda, fora da rede e solicitar o reembolso.

Compro um medicamento manipulado que tem um custo menor que o medicamento genérico. Por que não posso optar pelo mais barato?

A atual cobertura de medicamentos não prevê medicamentos manipulados, portanto, a cobertura deles vai contra a regra regulamentar. Vale lembrar que, como as fórmulas manipuladas não possuem esse registro, sua cobertura contraria a previsão regulamentar.

Não localizei o medicamento genérico nas farmácias da minha cidade. Nesse caso, qual o procedimento para autorizar a compra do medicamento de referência?

Quando o medicamento possuir a versão genérica, não será coberto o medicamento de referência.

Se o médico prescrever um medicamento de referência e não aceitar trocar a receita por um medicamento genérico, qual será o procedimento?

Recomendamos que converse com seu médico e esclareça os motivos da não indicação e evidências da não concordância registradas na Anvisa. Caso ele alegue ineficiência da medicação, peça a ele que disponibilize a notificação realizada junto a Anvisa, além do formulário de solicitação de troca para medicamento de referência preenchido e envie à Cemig Saúde pelo Fale Conosco. Sua solicitação será analisada em até cinco dias úteis.

O medicamento adquirido antes de 31/08/2020, que não entra na nova regra, poderá ser reembolsado?

Sim. O documento fiscal tem validade de 90 dias, portanto, poderá ser solicitado o reembolso do medicamento.

Como ficará o cadastro de medicamento de uso contínuo e a solicitação de inclusão de teto adicional?

Para os cadastros feitos até o dia 31 de agosto de 2020, não haverá nenhuma mudança. Do dia 1º de setembro de 2020 em diante, são cadastrados como uso contínuo e no teto adicional, somente o medicamento prescrito em sua versão genérica. A exceção vale somente para os casos dos medicamentos que não possuem a versão genérica, nesse caso, será cadastrado o medicamento de referência.

Faço uso do medicamento manipulado, terei cobertura?

Não. De acordo com o regulamento do Prosaúde Integrado da Cemig (PSI), vigente em 01/09/2020 – artigo 71, as fórmulas manipuladas não são cobertas pela Cemig Saúde.