25/11/2021

Qual a diferença entre a terceira dose e a dose de reforço contra o Coronavírus?

Apesar dos termos "terceira dose" e "dose de reforço" estarem sendo utilizados como sinônimos, eles possuem significados diferentes.  Terceira dose diz respeito ao número de doses necessárias para completar o esquema vacinal e ter a resposta imune esperada, enquanto a dose de reforço é o conceito utilizado para promover a manutenção dos níveis de anticorpos.

 

Além disso, na terceira dose, a pessoa toma três doses de um mesmo tipo de vacina. Já no reforço, a composição do imunizante contra a Covid-19 não deve ser a mesma.

 

Segundo o Instituto Butantan, existem evidências científicas de que a proteção induzida pelas vacinas cai ao longo do tempo, o que coloca em risco, principalmente, as pessoas com mais de 60 anos e os imunossuprimidos.

 

Mas a aplicação será para toda a população acima de 18 anos que tomou a segunda dose há mais de cinco meses.

 

Quem tomou a 1ª e 2ª dose de CoronaVac deverá tomar a dose de reforço da  Pfizer, Janssen ou Astrazeneca. Já quem tomou Pfizer deverá tomar Janssen ou Astrazeneca. E por último, quem tomou AstraZeneca, a dose de reforço será a Pfizer. 

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o www.cemigsaude.org.br você estará de acordo com os critérios de monitoramento dos cookies. Para ter mais informações como isso é feito, acesse a Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.